Menu opener
Close
Preencha o campo Destino
Sem sugestões disponíveis
Selecione um período inferior a 21 dias
Selecione uma data posterior

Selecione um período inferior a 21 diasSelecione uma data posterior

De
A
Para viajantes com contrato corporate
  • Génova 1Hotel B&B
  • 23/10/202024/10/2020
  • 1 quarto, 1 adulto
  • 1 quarto, 1 pessoa

B&B Hotels em Génova, 1 hotel

Descubra Génova

Situada na parte central do golfo com o mesmo nome, Génova domina o Mar da Ligúria com o seu porto, numerosas praças e belezas arquitetónicas, o que a converte numa cidade agradável para viver e descobrir. Génova oferece um amplo panorama de igrejas, monumentos e museus para visitar mas também organiza numerosos festivais internacionais de música e arte.

O seu aquário é o segundo maior na Europa e atrai os apaixonados pelo mar, miúdos e graúdos.

Se procura o hotel ideal para explorar a cidade, o B&B Hotel Génova é ideal para si: reserve já!

Onde reservar em Génova

Para viagens de trabalho ou de lazer, o B&B Hotel Génova alia conforto e serviços de qualidade numa única solução. Situado na proximidade direta da estação ferroviária, está apenas a um quilómetro do aquário e do centro histórico. De fácil acesso pela saída da autoestrada, o B&B Hotel Génova é servido pelo metro e várias carreiras de autocarro.

História e curiosidades

Apesar de as suas origens remontarem a uma pequena povoação do Neolítico, a cidade é ainda hoje conhecida por «La Superba», porque durante cinco séculos fundou empórios pelo Mediterrâneo e exerceu o seu poder comercial como uma poderosa república marítima. Génova é creditada por muitos inventos, tais como o pesto e a focaccia genovesa, os blue jeans, a lotaria e, aliada a outras cidades italianas, o aperitivo. Nesta cidade, nasceram personalidades de antiga fama, tal como Cristóvão Colombo, Giuseppe Mazzini, Niccolò Paganini e, mais recentemente, Fabrizio de André, Eugénio Montale e Renzo Piano.

Para os seus passeios

Avance pelas vielas típicas de Génova, chamadas carruggi, até chegar à Catedral de S. Lorenzo, que irá reconhecer pela fachada de riscas pretas e brancas do século XIV. Dirija-se ao Palácio de Doge, antiga sede dos doges e dos senadores, que atualmente é um amplo complexo dedicado a eventos culturais e exposições. Pare e admire a grande Fontana in Piazza de Ferrari, propícia ao convívio, e continue em direção ao Teatro Carlo Felice. Se é apaixonado por história, nas proximidades pode visitar a casa de Cristóvão Colombo. Se sente o apelo da natureza, Génova oferece-lhe a oportunidade de dar longos passeios pelos seus parques. A seguir ao Parco Urbano delle Mura, o pulmão verde da cidade, pode optar pelo belo trajeto do Passeio Anita Garibaldi e chegar aos Parques Nervi, onde os jardins das três villas antigas se estendem por 9 hectares. Quando tiver apetite, terá a oportunidade de entrar numa das muitas lojas centenárias e apreciar a deliciosa focaccia genovesa.

Monumentos e locais de interesse

Com 76 metros de altura, a Lanterna é o farol do porto da cidade e um dos seus símbolos. Depois de subir os seus 172 degraus, tem a oportunidade de desfrutar de uma vista única sobre toda a cidade de Génova e o mar que banha a costa. No coração do centro histórico da cidade, encontra-se a povoação de Boccadasse, com os seus barcos pitorescos e coloridos: uma pequena joia que conserva a graça de uma povoação marítima antiga. Património Mundial da UNESCO, os Palazzi dei Rolli são 42 magníficos edifícios, outrora residências nobres e que presentemente acolhem instituições públicas e escritórios. O Aquário de Génova alberga mais de 70 ambientes marinhos e cerca de 12 000 exemplares de 600 espécies de todo o mundo. Natural de Génova, o arquiteto Renzo Piano prestou homenagem à sua cidade com toda a sua criatividade ao desenhar o Grande Bigo, pela ocasião do Colombiadi de 1992, em conjunção com os G8, uma esfera gigante de metal instalada sobre as águas do porto e que contém a reprodução de um habitat tropical.

Eventos

No final de abril, o Festival Supernova transforma o antigo porto de Génova num grande palco, onde bandas de toda a Itália vêm entreter o público ao som de música independente. As notas da pauta continuam a soar pelo mês de setembro com o Festival Mediterrânico e, no fim de outubro, com o Festival Paganini Génova, três dias dedicados à figura do grande violinista genovês. Entre outubro e novembro, o Festival della Scienza conta a história da ciência de uma forma inovadora e cativante e, entre fins de novembro e princípios de dezembro, o grande ecrã ilumina-se e começa o Festival de Cinema de Génova.